O profissional de Recursos Humanos

Desenvolver pessoas, manter um bom clima organizacional e reter talentos são algumas das responsabilidades do profissional de Recursos Humanos. A área de Recursos Humanos deve fornecer aos colaboradores vantagens que não é necessariamente a remuneração, por exemplo. O ideal é desenvolver ações e políticas que tornem atuar na empresa algo diferencial, que as pessoas se sintam engajadas e valorizadas

Desenvolve e gerencia planos de carreira nas empresas, analisa estratégias institucionais, elabora planos táticos e operacionais de recrutamento, seleção, avaliação e treinamento de pessoal. É sua função administrar as potencialidades de processos organizacionais e gerenciar pessoas, de forma a integrar os setores da companhia. Cabe ao profissional à avaliação da necessidade de novos colaboradores que garantam a viabilidade do processo produtivo da empresa, assim como é sua função realizar o manejo do quadro de funcionários. Para isso, o gestor em RH precisa dominar as técnicas de gerenciamento de pessoas.

Assistente de Recursos Humanos - De R$ 1.234,00 a De R$ 1.800,00

Analista de Recursos Humanos - De R$ 2.001,00 a R$ 4.000,00

São suas responsabilidades:

Recrutamento e seleção Você faz todo o processo de seleção de um candidato, desde a divulgação da vaga até a contratação. Durante a graduação, aprende técnicas para avaliar se o perfil do candidato se adapta ao da empresa. Na entrevista, aplica as dinâmicas, entrevista os candidatos e avalia as competências deles. 

Treinamento e desenvolvimento Essa área desenvolve as competências dos funcionários e trabalha suas deficiências. O RH organiza treinamentos que ajudam nesse processo de conhecimento técnico e comportamental. Também realiza pesquisas para ver se os funcionários têm faltado ou se há alta rotatividade na empresa - e, aí, criar treinamentos específicos. 

Cargos, salários e benefícios O RH deve estar atento aos pisos salariais de cada cargo e verificar se eles estão sendo cumpridos. O departamento também procura convencer a empresa a trazer benefícios (como plano de saúde) para os funcionários. Essa área é importante tanto para que os direitos sejam cumpridos como para evitar problemas trabalhistas. 

Departamento pessoal Aqui, o papel do recursos humanos é coordenar os processos e atividades da folha de pagamentos, folha de pontos e faltas. Também verifica se o vale-alimentação e o vale-transporte estão sendo recebidos corretamente. Quem faz essas atividades é o departamento financeiro, mas o RH deve supervisionar tais tarefas. 

Avaliação de desempenho Responsável pelo famoso feedback. O RH identifica se o funcionário está com dificuldades e o chama para conversar. \O que ocorre erroneamente nas empresas é o chefe imediato ir conversar com o funcionário, o que pode não ajudar, pois o RH conhece a melhor abordagem\, observa Karla. 

Saúde e segurança A área tem de organizar eventos de prevenção contra acidentes de trabalho - e também deve promover outros programas para a saúde mental do empregado e ajudar quem sofre de alcoolismo, por exemplo. Outra tarefa é organizar os exames admissional e demissional, por quais todos devem passar. 

Relações sindicais O RH faz a ponte entre funcionário, empresa e sindicato que rege a categoria. A equipe de recursos humanos precisa conhecer os líderes sindicalistas, estar por dentro das leis, direitos e deveres da empresa e do funcionário. Em momentos de crise ou greve, é peça importante nas negociações. 

Plano de carreira Se a empresa quer profissionais cada vez melhores, o RH traz cursos para desenvolvimento dos funcionários, a possibilidade de fazer graduação ou pós-graduação e subir de cargo. O papel é incentivar a aprendizagem e motivar os colaboradores a se desenvolverem, pessoal e profissionalmente. 

Clima organizacional Você pode trabalhar como profissional autônoma, abrindo sua própria empresa de consultoria ou trabalhar em uma companhia que tenha o departamento de clima da empresa. Você observa e identifica os problemas e as dificuldades organizacionais e traça caminhos pra resolvê-los.


Gostou da profissão? Dê o primeiro passo para iniciar essa carreira, inscreva-se no Vestibular FAM.

Fonte:  Guia do Estudante, Catho e Editora Abril – Guia carreira


Deixe o seu comentário