O que faz um Engenheiro Eletricista?

Atualmente é difícil imaginarmos nossa vida sem energia elétrica. Ligar um interruptor de luz, assistir televisão, fazer uma ligação pelo celular ou guardar comida na geladeira, todas essas ações dependem do trabalho do engenheiro elétrico, ou engenheiro eletricista.

O engenheiro elétrico é responsável por planejar, construir e manter sistemas capazes de gerar, transmitir e distribuir energia elétrica. Seu objetivo é levar energia elétrica a toda a população de forma segura e com qualidade.

O engenheiro eletricista lida com a geração, a transmissão e a distribuição da energia elétrica. Ele está habilitado a construir e a aplicar sistemas de automação e controle em linhas de produção industrial. Trabalha, também, no desenvolvimento de componentes eletroeletrônicos, na operação e manutenção de equipamentos em hospitais e clínicas e em projetos de instalações elétricas. Participa do projeto e da construção de usinas hidrelétricas, termelétricas e nucleares. Além das concessionárias de energia, são tradicionais empregadores o setor de telecomunicações, as fábricas de celulares, as indústrias de equipamentos, automação, fábricas de motores e geradores, consultorias e empresas prestadoras de serviços em computação.

Área de Formação?

Automação - Projetar equipamentos eletrônicos destinados à automação de linhas de produção industrial.

Eletrônica - Desenvolver circuitos eletrônicos para aquisição de dados (por exemplo, áudio, temperatura, umidade, pressão), transmissão de dados por radiofrequência, entre outros.

Eletrotécnica (potência e energia) - Planejar e operar sistemas elétricos, da geração à distribuição de energia. Projetar e construir usinas, estações, subestações, redes de geração de energia e equipamentos usados no sistema de geração, transmissão e distribuição. Ampliar as redes de alta-tensão e dar manutenção a elas.

Hardware e programação - Desenhar componentes e desenvolver sistemas.

Instrumentação - Projetar e desenvolver equipamentos para a realização de medidas, registro de dados e atuadores.

Microeletrônica - Projetar, fabricar e testar circuitos integrados (chips) destinados a sistemas de computação, telecomunicações e de entretenimento, entre outras finalidades.

Telecomunicações - Desenvolver serviços de expansão de telefonia e de transmissão de dados por imagem e som. Projetar e construir sistemas e equipamentos para telefonia e comunicação em geral e de processamento digital de sinais.

Faixa salarial

Trainee em Engenharia Elétrica: R$ 3.688,61

Analista de Engenharia: 3.270,74

Coordenador de Engenharia: R$ 8.160,53


Gostou da profissão? Dê o primeiro passo e inscreva-se no Vestibular FAM.

Fonte: Guia carreira, Catho, Guia do Estudante, Exame.


Deixe o seu comentário