Se você chegou até aqui, quase certeza que já escolheu o curso que quer fazer e está naquela fase de busca incessante por uma Instituição de Ensino que ofereça o curso escolhido e que tenha a sua cara. Pode não parecer tão fácil assim: muitas pessoas pedem transferência de Faculdade no meio do curso. A escolha não é tão simples como escolher uma roupa pra festa no final de semana, afinal, você ficará na faculdade por uns anos! Vamos te ajudar a escolher com calma e precisão. Se liga nas dicas! 

 

  • Procure saber quem serão seus professores

O principal fator que vai te ajudar em 98% do curso é a qualidade do corpo docente. Procure saber quem são os professores, se atuam no mercado de trabalho, se são acadêmicos… Isso faz toda a  diferença no seu aprendizado pois, um professor atuante no mercado leva para a aula todas as questões atuais e pertinentes da profissão enquanto um professor com perfil mais acadêmico te ajudará muito nas teorias, caso você queira seguir carreira acadêmica e de pesquisa. 

 

  • Conheça a infraestrutura

Você p-r-e-c-i-s-a conhecer o ambiente no qual que fará parte em quase todos os dias pelos próximos anos! Agendar uma visita à Instituição antes de realizar a matrícula é essencial para você tirar todas as dúvidas possíveis. Verifique todo lugar na Faculdade que será utilizado durante seu curso. Para cursos de humanas, a biblioteca será uma grande aliada. Para exatas, os laboratórios farão parte do seu dia a dia, então você deve verificar o tamanho da sala, materiais e tudo mais. Mas não fique tão impressionado com a estrutura, lembre-se que você pode ter os melhores materiais, mas se não tiver uma boa explicação de como usá-los, eles serão inúteis!

 

  • Saiba os valores e as perspectivas sobre ensino da Instituição

Uma faculdade com tradição é ótimo: geralmente é bem conhecida pela população, você tem parentes ou conhecidos que estudam ou estudaram lá e é sempre bem falada nas mídias. Mas, acima de ter muitos anos de atuação, a faculdade tem que ser moderna e atual. Não adianta ter muitos anos de idade e ter a mesma didática desde o início, né? Isso torna a Instituição antiquada e inadequada para o mercado de trabalho atual. Por isso, é bom saber se o corpo docente é atualizado, se a Instituição oferece ensino à distância e outras formas de ensino como técnico, tecnólogo, pós-graduação…

 

  • Qual a avaliação da Instituição?

É sempre bom conferir se a faculdade é bem avaliada pelo MEC. Eles avaliam três pontos principais que dão uma nota ao curso:

  • Conceito Preliminar de Curso (CPC): avalia a qualidade do curso;
  • Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC): avalia a qualidade da Instituição;
  • Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade): avalia o conhecimento dos alunos que estão se formando.

As notas variam de 1 a 5, sendo que acima de 3 é considerado bom!

 

  • Quais as formas de ingressar e pagar pela sua Faculdade?

Uma faculdade que oferece várias formas de entrada, além do vestibular tradicional é sempre bem vinda, não? Verifique se, além da prova tradicional, você pode utilizar sua nota do ENEM e se sim, se você pode obter desconto com ela! Também verifique as possibilidades de bolsas e descontos, que podem ser várias, além do PROUNI e FIES. 

 

Agora que você já sabe o curso e tem muitas informações sobre como escolher o lugar certo para cursar, fica bem fácil, né? Se você ainda tiver dúvidas, entre em contato com a gente pelo e-mail vestibular@fam.br