CPA

A Comissão Própria de Avaliação (CPA) é o órgão responsável pela avaliação institucional na FAM. O processo de avaliação das Instituições de Ensino Superior (IES) foi regulamentado em 2004, pela da Lei 10.861, que instituiu o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) no Brasil.

O SINAES é vinculado ao Ministério da Educação (MEC), através do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), que organiza as informações decorrentes da Avaliação Institucional juntamente com a Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (CONAES).

O QUE É A CPA

Comissão Própria de Avaliação (CPA) é o órgão responsável por coordenar a avaliação interna da FAM. A CPA tem por atribuição ainda a sistematização e de prestação das informações solicitadas pelo INEP.

O processo de avaliação das Instituições de Ensino Superior (IES) foi regulamentado em 2004, através da Lei 10.861 disponível no site do Inep:

QUEM SOMOS

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO (CPA)

A CPA é formada por diferentes membros, representantes dos vários segmentos da comunidade acadêmica e da sociedade civil organizada (docentes, discentes, técnico-administrativos e representantes da comunidade externa).

Sua atuação deve ser autônoma em relação aos conselhos e demais órgãos colegiados existentes na instituição e deve divulgar amplamente sua composição e todas as suas atividades.

A CPA tem a responsabilidade de coordenar, conduzir e articular o processo contínuo de autoavaliação da FAM, em todas as suas modalidades de ação. A autoavaliação institucional tem um caráter educativo, pois fornece informações sobre o desenvolvimento da instituição, busca acompanhar as ações implementadas para a melhoria da qualidade do ensino e do seu comportamento social. Ao mesmo tempo, oferece elementos para a supervisão e fiscalização do Estado e presta contas à sociedade.

Contato: cpa@fam.br
Telefone: (19) 3465-8100 – ramal 201
Horário da CPA:  3a, 4a e 6a feira – das 14h00 às 18h00.

As avaliações externas e internas da FAM são:

  1. Avaliação externa: realizada por uma Comissão designada pelo MEC/INEP para processos de autorização, reconhecimento e/ou revalidação de reconhecimento de cursos de graduação, ou de credenciamento ou recredenciamento da instituição;
  2. Avaliação interna: a CPA é responsável pela aplicação, coleta e/ou análise das informações das avaliações:
  3. Avaliação Institucional: avalia a FAM de acordo com os 5 Eixos Avaliativos. A partir de 2014 o SINAES estabeleceu 5 Eixos para avaliação das Instituições de Ensino Superior, conforme apresentado abaixo:

Eixo 1: Planejamento e Avaliação Institucional. O foco desse Eixo é a descrição e a identificação dos principais elementos do processo avaliativo da IES em relação ao seu PDI, aos relatórios elaborados pela CPA e aos demais documentos institucionais avaliativos.

Eixo 2: Desenvolvimento Institucional. Este Eixo tem seu foco no PDI e consiste na verificação da coerência existente entre esse documento e as ações institucionais nas diferentes vertentes de sua atuação acadêmica – ensino, pesquisa, extensão e gestão. Pretende, igualmente, verificar os diferentes caminhos percorridos (ou a percorrer) pela IES no contexto de sua inserção social, bem como sua atuação face à inclusão e ao desenvolvimento econômico e social, tendo sempre como base a missão, os propósitos e as metas anunciadas no PDI.

Eixo 3: Políticas Acadêmicas. No Eixo “Políticas Acadêmicas” analisam-se os elementos constitutivos das práticas de ensino, pesquisa e extensão, considerando como meta o aprendizado. Enfatiza-se também a relação entre as políticas acadêmicas, a comunicação com a sociedade e o atendimento ao discente.

Eixo 4: Políticas de Gestão. O Eixo “Políticas de Gestão” tem como foco a verificação do desenvolvimento das políticas de pessoal e da organização e gestão da instituição. Abrange, ainda, elementos do planejamento e da sustentabilidade financeira da IES para garantir o seu pleno desenvolvimento de forma sustentável.

Eixo 5: Infraestrutura Física. No Eixo “Infraestrutura Física”, verificam-se as condições que a IES apresenta para o desenvolvimento de suas atividades de ensino, pesquisa, extensão e gestão.

  1. Autoavaliação: A autoavaliação discente visa a reflexão sobre o desempenho e cumprimento das atividades relacionadas às diversas disciplinas do seu curso. Para docentes, coordenadores, tutores e técnicos administrativos, a autoavaliação visa a reflexão sobre o exercício de suas atividades no semestre.
  2. Avaliação de disciplina: Esta etapa da avaliação institucional ocorre semestralmente. O aluno é convidado a avaliar cada disciplina presencial / semipresencial que está cursando e o (a) professor (a) responsável, exceto Atividade Complementar, Estágio e TCC
  3. Avaliação das turmas: Nesta etapa da avaliação institucional, professores e tutores são convidados para avaliar a turma, de cada disciplina que ele (a) está ministrando nesse semestre. Esta avaliação visa fornecer informações para o aprimoramento para as turmas, servir de instrumento complementar para o planejamento acadêmico, e servir de subsídio ao processo de Avaliação Institucional.

As avaliações internas são realizadas por questionário eletrônico no Portal FAM, de acordo com o cronograma abaixo:

Confira abaixo o resultado da sua participação nas pesquisas da CPA.

Relatório Autoavaliação CPA 2016

Relatório Autoavaliação CPA 2015

Relatório Autoavaliação CPA 2014

Relatório Autoavaliação CPA 2013

Relatório Autoavaliação CPA 2012

1.         Constituição Federal de 1988 – art. 206, inciso VII, art. 208, art. 209 e art. 214.

2.         Lei nº 9394, de 20 de dezembro de 1996 – Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.

3.         Lei nº 10.172, de 9 de janeiro de 2001 – Plano Nacional de Educação (PNE) – metas nº 6, 7 e 9 do capítulo sobre Educação Superior.

4.         Lei nº 10.681, de 14 de abril de 2004 – Institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES). Prevê a criação da CPA no art. 11.

5.         Decreto 5.773, de 09 de maio de 2006 – Dispõe sobre o exercício das funções de regulação, supervisão e avaliação de instituições de educação superior e cursos superiores de graduação e sequenciais no sistema federal de ensino.

6.         Portaria normativa nº 40, de 12 de dezembro de 2007 – Republicada em 29 de dezembro de 2010. Institui o e-MEC, sistema eletrônico de fluxo de trabalho e gerenciamento de informações relativas aos processos de regulação da educação superior no sistema federal de educação.

7.          Nota Técnica Nº 14 /2014, de 7 de fevereiro de 2014.  Instrumento de Avaliação Institucional Externa do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES)– CGACGIES/DAES/INEP/MEC

8.          Nota Técnica Nº 65/2014, de 9 de outubro de 2014. Roteiro de Relatório de Avaliação Institucional INEP/DAES/ CONAES

Para ter acesso à Legislação e Normas da Educação Superior: clique aqui

Contato: cpa@fam.br
Telefone: (19) 3465-8100 – ramal 201
Horário da CPA: SEGUNDA A SEXTA – das 13h00 às 18: h00 e das 19: h00 as 22: h00.