Técnico em Segurança do Trabalho

Estrutura

Perfil

Esta, definitivamente, é uma profissão em alta. Além de ser o curso mais procurado no Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec), o mercado está aquecido e a maioria dos alunos termina o curso técnico já com emprego ou estágio garantido. As principais funções de um técnico em segurança do trabalho são investigar, analisar e recomendar medidas de prevenção e controle de acidentes. Executar programas de prevenção de riscos ambientais. Desenvolver ações educativas na área de saúde e segurança do trabalho. Orientar o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e Equipamentos de Proteção Coletiva (EPC). Seu perfil envolve ter capacidade de observação técnica, ética, administração de conflitos, visão sistêmica, capacidade de comunicação e negociação, trabalho em equipe e atitude proativa.

Mercado de Atuação

Indústrias. Hospitais. Comércios. Construção civil. Portos e aeroportos. Centrais de logística. Instituições de ensino. Fabricação e representação de equipamentos de segurança. Empresas e consultorias para capacitações em segurança do trabalho.

Analisa os métodos e os processos laborais. Identifica fatores de risco de acidentes do trabalho, de doenças profissionais e de trabalho e de presença de agentes ambientais agressivos ao trabalhador. Realiza procedimentos de orientação sobre medidas de eliminação e neutralização de riscos. Elabora procedimentos de acordo com a natureza da empresa. Promove programas, eventos e capacitações. Promove a divulgação de normas e procedimentos de segurança e higiene ocupacional. Indica, solicita e inspeciona equipamentos de proteção coletiva e individual contra incêndio. Levanta e utiliza dados estatísticos de acidentes de trabalho, doenças profissionais e de trabalho para ajustes das ações prevencionistas. Produz relatórios referentes à segurança e à saúde do trabalhador.

Está preparado para dar o passo inicial para garantir o seu futuro?