O profissional de Letras: muito além da sala de aula

A língua é o principal instrumento de expressão do ser humano. Algumas pessoas imaginam que o professor formado em Letras tem a função apenas de ensinar gramática, e esquecem que existe um universo fantástico que vai muito, além disto, como compreensão de textos.  E partindo deste principio a língua ganha função e passa ser ainda mais interessante. 

Ensinar significa despertar as aptidões naturais do indivíduo e orientá-los segundo os padrões e ideais de determinada sociedade, aprimorando-lhe as faculdades intelectuais. Para muitos profissionais da educação isto significa um ato de amor.

Assim como a internet, o cinema, a música, enfim, são linguagens que caminham juntos com a língua portuguesa, mas a leitura contribui muito mais para a formação integral do aluno.

Onde Trabalhar

É um grande engano quando pensamos que o profissional formado em letras tem oportunidades apenas na área da educação, muito pelo contrário. Este profissional pode trabalhar nas editoras, o profissional de Letras é útil em todas as etapas dos processos editoriais: seleção e edição de textos, redação e preparação de originais. Nesses casos, os materiais envolvem todo tipo de obras: literárias, científicas, com ênfase para a produção de material didático e planejamento de coleções. As traduções também oferecem campo de trabalho fértil no cenário globalizado da atualidade.

Em relação a textos escritos, é preciso considerar a produção de textos digitalizados para as novas tecnologias: smartphone, tablets, e-readers, livros eletrônicos, esses acervos digitalizados requerem profissionais aptos a lidar com essa tecnologia, quer no aspecto de produção, quer no de revisão.

Além do emprego fixo ou como freelancer, os trabalhos de tradução e revisão também podem ser realizados por autônomos, para particulares. Trabalhos acadêmicos, sobretudo dissertações e teses, requerem redação cuidadosa. No mesmo contexto, várias instituições estão organizando revistas acadêmicas, cuja versão final deve ser impecável. Amplia-se ainda mais a contratação de especialistas para a revisão final dos artigos.

Nas escolas, a licenciatura de Letras permite a atuação como professor (a) no ensino fundamental e médio.  A docência é um mercado consolidado e em crescimento, como demonstram as relações entre educação e desenvolvimento econômico. Vale lembrar que ela envolve também a atividade de pesquisa, para que o professor se mantenha atualizado.

Além do emprego fixo ou como freelancer, os trabalhos de tradução e revisão também podem ser realizados por autônomos, para particulares. Trabalhos acadêmicos, sobretudo dissertações e teses, requerem redação cuidadosa. No mesmo contexto, várias instituições estão organizando revistas acadêmicas, cuja versão final deve ser impecável. Amplia-se ainda mais a contratação de especialistas para a revisão final dos artigos.

Quanto ganha?

Tradutor - De R$ 1.001,00 a R$ 3.000,00

Professor - R$ 1.200,00 a R$ 3.000,00

Outros cenários também evidenciam a possibilidade de atuação do profissional de Letras: roteirista (por exemplo, a "transposição" crescente de obras literárias para o cinema, a televisão e os meios virtuais), resenhista, ensaísta, assessor cultural, crítico literário, intérprete, secretário bilíngue, redator de manuais técnicos, de sinopses de livros e filmes, de textos para a internet. 

Assim, o quadro geral de atuação para um profissional bem preparado em Letras é abrangente e incentivador. 


Gostou da profissão? Dê o primeiro passo e inscreva-se no Vestibular FAM.

Fonte: Revista Língua, Catho, Guia do Estudante


Deixe o seu comentário